Nutrição

  • O Acompanhamento Nutricional

    O acompanhamento nutricional realizado no Instituto de Desenvolvimento Infantil segue nossas premissas de manter uma visão ampliada da criança. Nesse sentido, valorizamos também, além do tratamento, a prevenção de questões que possam vir a prejudicar a alimentação e o desenvolvimento da criança em todas as fases. 

    Durante a infância os hábitos alimentares são consolidados, por isso, estimular uma alimentação saudável desde cedo é um ganho para toda vida. Intervir nesta fase auxilia no adequado crescimento e desenvolvimento, reduz o risco de doenças metabólicas futuras como o diabetes e hipertensão, além de auxiliar crianças com quadros de dificuldades alimentares, situações muito frequentes atualmente.

    Estudar e atuar com crianças com dificuldades alimentares nos faz compreender as necessidades, desafios e importância do cuidado diferenciado em todas as fases do contexto nutricional. Nossa abordagem se diferencia porque entendemos e valorizamos a família de cada criança, suas dificuldades e potencialidades e buscamos, em conjunto, os possíveis caminhos e alternativas para tornar o momento da refeição nutritivo, saudável e prazeroso para todos. 

    O maior desafio é motivar a aceitação de uma alimentação variada, levando a criança a ampliar suas preferências e consolidar bons hábitos, sem gerar conflitos ou tornar o momento da refeição um tanto quanto traumático.

    Vários fatores podem interferir neste processo, portanto, os desafios iniciam-se ainda na gestação, onde o cuidado nutricional é de extrema importância e contribui para a prevenção dos quadros citados anteriormente.

    Nosso atendimento é composto por uma avaliação global de cada paciente, onde são analisados indicadores clínicos, bioquímicos, antropométricos e de padrão alimentar. Cada orientação é elaborada de maneira individualizada e buscamos, em conjunto com a família, tornar o momento da refeição mais saudável e prazeroso a todos. 

  • Futuras Mamães

    A boa nutrição e desenvolvimento do bebê iniciam-se na gestação. Ter hábitos alimentares saudáveis e o consumir nutrientes específicos pode trazer inúmeros benefícios como, por exemplo, a prevenção de:

    – Excesso de peso
    – Partos prematuros
    – Doenças metabólicas na infância
    – Tipos diferentes de alergia

    Expor o bebê a sabores e cheiros variados quando ele ainda está no útero, facilita a futura introdução alimentar e favorece o seu desenvolvimento cognitivo e comportamental. E claro, alimentar-se de maneira adequada nesta fase, também auxilia no controle do peso materno e dos sintomas indesejáveis (azia, constipação, enjôo, etc.).

    O cuidado começa antes mesmo do que se imagina…

    Para as futuras mamães que planejam a gestação, o ideal é, sempre que possível, iniciar o acompanhamento 6 meses antes de engravidarem. Nesta fase, preparamos o organismo para receber o bebê: corrigimos o peso, carências ou excessos nutricionais, iniciamos a reeducação de hábitos e estimulamos o consumo de alimentos específicos.

    As consultas são agendadas conforme a evolução e necessidade de cada paciente.

    Para mulheres com quadro de sobrepeso importante e/ou obesidade este trabalho é mais importante pois além de facilitar a gestação, permitirá que a mulher fique na condição mais adequada possível para o novo projeto.

    Durante a gestação:

    Chegou a hora de proporcionar o crescimento e desenvolvimento fetais adequados, controlar o ganho de peso materno, auxiliar na redução dos sintomas típicos da gravidez – os quais podem atrapalhar a ingestão alimentar – e solucionar dúvidas e crenças relacionadas a este período.

    Gestantes de risco (com diabetes gestacional, hipertensão, anemia, com histórico de cirurgia bariátrica, etc.) devem manter acompanhamento ainda mais frequente para reduzir/evitar complicações. As consultas são agendadas conforme a evolução e necessidade de cada paciente.

  • O bebê chegou, é hora de amamentar... 

    Após o nascimento, o organismo prioriza a elaboração do leite materno. Nesta fase, mesmo com toda a correria e ajuste de rotinas, nada de descuidar da alimentação! Um hábito alimentar inadequado será prejudicial à própria mãe, e não ao leite. Desta maneira, além de garantir os nutrientes necessários para a mãe, também podemos auxiliar na perda de peso gradativa, para que ela volte ao peso ideal sem prejudicar a amamentação. 

    A primeira consulta após o parto deve ser realizada, preferencialmente, entre 4 a 6 semanas após o nascimento do bebê e os demais atendimentos são agendados conforme a evolução e necessidade de cada paciente.

    Conheça um pouco sobre nosso atendimento:

    A primeira consulta é um momento de conhecer o histórico da paciente, suas rotinas, alimentação, horários, exames e fazer a avaliação antropométrica e de composição corporal através de bioimpedância elétrica (exceto em gestantes), para saber mais clique aqui. Algumas dessas informações serão solicitadas ainda no agendamento para otimizarmos o atendimento. Temos um retorno em até 20 dias para os ajustes iniciais e dúvidas e, as demais consultas, são agendadas conforme a evolução e necessidade de cada paciente.

    Solicitamos às futuras mães, gestantes e nutrizes um exame complementar chamado Calorimetria Indireta em Repouso (não incluso no valor da consulta). Para saber mais, clique aqui.

  • Crianças e Adolescentes

    Estimular hábitos alimentares saudáveis nem sempre é uma tarefa fácil, porém nas faixas etárias mais precoces é o momento certo de estimularmos a consolidação de bons hábitos e evitarmos problemas futuros.

    Não consideramos apenas o consumo alimentar, mas também outros fatores que possam influenciar: modo de vida, agentes externos, rotina familiar, escola, entre outros. E, para auxiliarmos este público a melhorar sua alimentação, dispomos de diferentes técnicas e metodologias. Além disso, utilizamos estratégias aliadas ao lúdico, muito eficazes para este público específico. 

    Conheça um pouco sobre nosso atendimento:

    A primeira consulta é o momento de conhecer o histórico do paciente, suas rotinas, alimentação, horários, exames e fazer a avaliação antropométrica e de composição corporal. Dispomos do aparelho de Bioimpedância, exame que avalia com precisão a composição corporal – massa gorda, massa magra e água. O profissional avaliará casos para identificar a necessidade.

    Para saber mais  sobre Bioimpedância clique aqui.

    Para crianças menores de 5 anos, esta primeira consulta é feita apenas com os pais. Crianças maiores de 5 anos e adolescentes devem participar deste primeiro momento. Algumas dessas informações serão solicitadas ainda no agendamento para otimizarmos o atendimento. Temos um retorno em até 20 dias para os ajustes iniciais e dúvidas e, as demais consultas, são agendadas conforme a evolução e necessidade de cada paciente.

    Em casos específicos (por exemplo: crianças maiores ou adolescentes com obesidade infantil, dificuldade para ganho de peso e/ou crescimento, etc.), solicitamos um exame complementar (não incluso no valor da consulta), chamado Calorimetria Indireta em Repouso. Para saber mais, clique aqui.