Por que apresentar às crianças a jardinagem?

julho 02, 2016
  • Jardinar pode ser uma atividade muito bagunceira que envolve terra, água e dedicação constante. Por que se dar a tanto trabalho? Porque pode render aprendizados valiosos!

    Entre os benefícios da atividade estão o aprendizado de cuidar de algo – a responsabilidade de regar todo dia, por exemplo, saber mais sobre o ciclo da vida, apreciar a natureza, entender de onde vêm alguns alimentos e, portanto, ter uma maior compreensão sobre nutrição, o que pode aumentar a vontade de comer frutas e vegetais.

    Flores coloridas e plantas diferentes – de preferência as que crescem rápido – são especialmente recompensadoras para as crianças, que ainda estão desenvolvendo a paciência. Por essa razão, são as mais recomendadas para iniciar os pequenos na jardinagem.

    Sabendo, da realidade das nossas crianças que moram na área urbana, e que nem todas têm acesso a um jardim de fato, decidi criar uma pequena horta no quintal do Instituto. Para associar e incentivar nossos pequenos  ao aprendizado e interesse pelos alimentos, plantamos temperos diversos. Sim, um canteiro de temperos!! Para que possam plantar as mudas, regar, ver crescer, cheirar, colher e quem sabe utiliza-las na preparação de alguma receita!

    Além disso, vivemos em um mundo que não pode mais ignorar a importância de cuidar do meio ambiente, e quando desde crianças nos envolvemos com as plantas, desenvolvemos uma sensibilidade importante para a preservação da natureza.

    Identificamos as mudas com o nome da criança, que é incentivada a regar e cuidar dela quando vem ao Instituto para seu atendimento.

    Veja algumas fotos de como esse processo aconteceu!

    Você também pode se inspirar e montar em casa um canteiro como o nosso!

    Bom trabalho!

    Abraço fraterno,

    foto_patricia_junqueira1
    Fonoaudióloga Dra. Patrícia Junqueira (CRFa. 5567)

    Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
Leave a reply
Como foi nosso Encontro de Mães | 4 jun 20165 mitos e verdades sobre o engasgo na criança

Leave Your Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *